O Brasil tem uma malha ferroviária de 28mil quilômetros. Menos do que os EUA tinham em 1860. O motivo é simples: lá podia construir ferrovia, aqui nunca foi permitido construir livremente, nem permitido se apropriar de terras livremente. Tão grande foi a competição nos EUA que só acabou quando o governo criou uma agência de regulação, proibiu descontos e cartelizou o mercado, o que inaugurou uma era de ineficiências e outros problemas. No Brasil ferrovia sempre foi concessão, seja na época do Império, do Café com Leite, de Getúlio, de JK, do governo militar ou até hoje, ninguém transporta nada sem ser amigo do rei. Para ler mais sobre: Sobre as transcontinentais americanas: The Progressive Era – Rothbard, primeiros três capítulos Sobre cartéis em ferrovias nos EUA e como o governo foi usado para cartelizar: The Iowa Pool, de Julius Grodinsky, e Railroads and Regulation, de Gabriel Kolko Para a lista completa de fontes, entre em contato. Apoiadores! Foxbit, a maior corretora de Bitcoins no Brasil Instituto Mises Brasil Urbe.me - Investimento imobiliário descomplicado Para contato: contatoideiasradicais@gmail.com
6 comments
6 comments