"Respeite a soberania do meu país e o brio do povo amazonenese. Não aceito a intervenção militar, nem por brincadeira", tuitou o prefeito. Em tempos entreguistas no Brasil, é surpreendente a postura do prefeito, heim?
0 comments
0 comments