*7 de agosto de 2018. Neste dia, no ano de 2006, foi sancionada a Lei Maria da Penha no Brasil. * O dispositivo legal tem como objetivo aumentar o rigor das punições sobre crimes domésticos. A lei é normalmente aplicada aos homens que agridem fisicamente ou psicologicamente a uma mulher. Maria da Penha é símbolo da luta feminista por sua história de vida. O marido a agredia recorrentemente, até o final trágico em 1983, quando foi alvejada nas costas e ficou paraplégica. O homem alegou à defesa que o tiro veio de um assaltante que entrou na casa do casal. Ele não foi condenado, mas anos depois tentou eletrocutar Maria da Penha durante o banho. Neste período, as investigações apontaram que Marco Viveros foi de fato autor do tiro que a deixou em uma cadeira de rodas. Sob a proteção de uma ordem judicial, Maria da Penha conseguiu sair de casa, sem que isso significasse abandono do lar ou perda da guarda de suas filhas. E, apesar das limitações físicas, iniciou a sua batalha pela condenação do ex-marido. A lei é um marco positivo e importante para combater o feminicídio, porém é visível que o Brasil tem muito para avançar no tema.
0 comments
0 comments