Ketchup já foi receitado como remédio Em meados do século 19, um médico norte-americano chamado John Cook Bennett considerava o ketchup como um santo remédio para curar males como indigestão, diarreia e icterícia. Seguro das propriedades do produto, Bennett procurou Archibald Miles, que já comercializava um medicamento de sucesso, e o convenceu a lançar pílulas de extrato de tomate. O remédio logo ficou famoso e várias fórmulas concorrentes começaram a surgir no mercado, inclusive garantindo a cura de outras doenças, como o reumatismo, dores de cabeça e até gripe. Entretanto, muitas das pílulas eram fraudulentas, pois, além de não contarem com tomates em sua formulação, eram, na verdade, feitas com laxantes. Assim, como muitos dos doentes interessados em tratar seus resfriados não queriam sofrer com seus intestinos, os remedinhos acabaram ganhando má fama e a venda entrou em colapso cerca de cinco anos após o lançamento da novidade.
3 comments
3 comments