=Conheça as melhores técnicas para o bolo espatulado perfeito = Você sabe o que é o bolo espatulado? No mundo da confeitaria é comum o surgimento constante de novidades. Depois do naked cake (sabe aquele bolo sem cobertura, no qual aparece a massa e o recheio?), a tendência agora é o bolo espatulado. Uma de suas variações é o half naked cake, no qual há uma fina camada como cobertura, geralmente feita de açúcar ou glacê, mas ainda assim há algumas “falhas” propositais que deixam parte do bolo à mostra. No entanto, há outras formas de espatular a cobertura. Tanto o naked cake quanto o bolo espatulado têm estruturas delicadas. Se as técnicas adequadas não forem utilizadas, podemos estragá-los de diversas formas, como: os deixando muito molhados — podem perder a sustentação e desmanchar; utilizando massas que não sejam tão firmes — podem esfarelar ou quebrar; optando por recheios muito moles — podem vazar pelos cantos ou fazer as estruturas desmoronarem. Quer conhecer algumas dicas e técnicas para o bolo espatulado perfeito? Então continue acompanhando! * Utilize os utensílios corretos* Não é necessário estar em uma cozinha profissional para fazer um bolo espatulado, é possível fazê-lo em sua casa. No entanto, é importante utilizar os utensílios corretos. Para seguir algumas técnicas de decoração mencionadas neste artigo, utilize uma bailarina e uma espátula pequena, com a ponta arredondada, como utensílios de apoio. * Técnicas para montagem* Como já mencionado, é importante escolher uma massa firme e um recheio que ofereça certa consistência para que o bolo não esfarele ou não desmanche. Quem está acostumada a fazer bolos e tortas entende que uma determinada receita pode servir melhor para determinado fim. Como o bolo espatulado costuma ter mais de uma camada e, geralmente, coloca-se um em cima de outro, é interessante utilizar uma massa amanteigada ou de pão de ló. Para montar uma peça em cima da outra, é necessário estruturá-las. Algumas pessoas usam palito de churrasco, uma opção barata e fácil de encontrar. Não esqueça de escolher um disco de isopor do mesmo diâmetro da segunda forma para ser a base de montagem do segundo bolo. Queremos uma estrutura impecável, certo? Você pode montá-lo dentro do aro, se preferir, inclusive dá para espatular o chantilly já dentro desse aro! Se não estiver certinho, você poderá arrumar depois que retirar a forma. Essa técnica é chamada de chantilly invertido: mais uma para considerar quando você tentar aplicar as dicas deste texto. Legal, não é? * Técnicas para cobertura* Para cobertura, temos várias opções, como: buttercream; glacê; chantilly; chocolate; pasta americana; chantininho, etc. Já para a técnica de decoração, contamos com as seguintes possibilidades: espatulado com topo floral; espatulado ombre; espatulado liso/simples; espatulado half naked; espatulado com determinado relevo, etc. Após escolher a cobertura e a técnica de decoração, utilize a bailarina e a espátula pequena, de preferência com a ponta arredondada (chamada de espátula de confeiteiro fina reta), para chegar ao ponto ideal. Faça os movimentos com leveza, sem colocar muita pressão na espátula, e adicione a cobertura aos poucos — você pode brincar com diferentes texturas nesse momento. Tenha um utensílio ao lado para remover o excesso da espátula. Viu como é mais simples do que parece? Para facilitar ainda mais, pesquise por vídeos no Youtube. Ao finalizar, utilize o bico de sua preferência com chantilly ou com o creme escolhido para incrementar a decoração. * Técnicas para decoração* Quem gosta de fazer bolo confeitado simples ou mais elaborado, sabe que a decoração é fator importante. É interessante escolhê-la de acordo com o evento em questão: as cores dos elementos decorativos do bolo podem combinar com a paleta de cores da festa, assim ele parecerá parte da decoração. O que acha? Opte por frutas inteiras, como uvas, morangos etc. ou por flores naturais — a elegância e a sutileza sempre agradam. Dependendo do conjunto, usar frutas vermelhas na decoração pode ser uma boa opção. É interessante também soltar a imaginação nessa etapa. Não se prenda àquilo que vê em vídeos ou em confeitarias — aposte na sua criatividade e inove. Pesquise também técnicas de decoração como o dripping cake. Neste artigo vimos algumas técnicas para um bolo espatulado perfeito. Para quem está sem emprego no momento e tem a confeitaria como hobby, investir nisso pode abrir muitas portas — até às do negócio próprio! Aprendeu como fazer o bolo espatulado perfeito? Ficou com alguma dúvida ou sabe de mais alguma técnica para ajudar outros amantes da confeitaria? Então compartilhe com a gente aqui nos comentários!
1 comment
1 comment