=Afinal de contas: o que é a comida fit?= Responda às seguintes questões: Qual é a origem do termo fitness? O que é mito e o que é verdade em relação à alimentação fit? Quais alimentos podem ser considerados fit? Caso não consiga, tudo bem! Ao longo deste artigo abordamos algumas informações sobre o assunto e esclarecemos as respostas das questões acima. Bons hábitos alimentares são tão importantes que a OMS (Organização Mundial da Saúde) adotou uma política de alimentação saudável em eventos realizados no ambiente de trabalho. As refeições oferecidas pela organização nas reuniões ou demais eventos devem ter alimentos naturais ou pouco processados. Interessante, não é? Quer saber um pouco mais sobre o universo da alimentação fit? Confira a seguir! *E então, qual é a origem do termo fitness?* Essa palavra é de origem inglesa e significa estar em uma boa forma física. Geralmente o termo se relaciona às atividades físicas, já que uma “pessoa fitness” tem ou busca um bom condicionamento físico. Em relação à alimentação, o termo fit é associado àquelas refeições mais saudáveis que auxiliam as atividades físicas — os pratos são livres de alimentos processados ou ultraprocessados, os quais contêm muitas toxinas (substâncias que fazem mal para o organismo). * Alimentação fit: o que é mito e o que é verdade?* Você com certeza já deve ter ouvido falar de alguma dieta milagrosa, não é? É preciso que se entenda um ponto muito importante: a alimentação, sobretudo, deve ser focada na saúde. Perder inúmeros quilos em um mês pode ser muito prejudicial para o organismo. Se o seu desejo é emagrecer, você precisa aceitar que isso exige atividades físicas e uma alimentação balanceada com frutas, verduras, sementes e legumes. *Confira alguns mitos:* consumir gordura é prejudicial: é mito, pois há opções saudáveis de alimentos que contêm gorduras, como abacate, sementes de girassol e amêndoas, além de outras castanhas; carboidratos devem ser eliminados: é mito, pois algumas frutas, por exemplo, são ricas em carboidratos (nossa principal fonte de energia). No entanto, é necessário ingerir esse nutriente com moderação e focando em alimentos saudáveis. *Confira algumas verdades:* chás contribuem para a queima de gordura: verdade! No entanto, fuja de anúncios milagrosos como “perca 10kg em apenas um mês tomando chá verde”. O chá verde e o chá de hibisco, por exemplo, auxiliam a queima de gordura se aliados à boa alimentação e à prática de exercícios. O chá verde é termogênico — acelera o metabolismo e potencializa a queima de gordura. O chá de hibisco, por sua vez, é antioxidante e anti-inflamatório; ele elimina do organismo toxinas que dificultam a queima de gordura; sucos de caixinha podem ser tão prejudiciais quanto refrigerantes: verdade, pois alguns contêm altas quantidades de açúcar, conservantes e outros aditivos químicos. Por mais que a embalagem indique que o produto é orgânico ou natural, desconfie e opte por sucos feitos na hora. É importante também não acreditar em tudo que se lê. Há muitos mitos sendo difundidos como verdades e vice-versa. No próximo tópico também abordaremos essa questão. * Afinal, o que é a comida fit?* Ressaltamos aqui que a alimentação fit é diferente da alimentação funcional, porém, ambas dão preferência aos alimentos naturais e evitam os industrializados. De acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os alimentos funcionais “contêm ingredientes que podem auxiliar, por exemplo, na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos, na proteção das células contra os radicais livres, no funcionamento do intestino, na redução da absorção do colesterol, no equilíbrio da flora intestinal, entre outros, desde que seu consumo esteja associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.” A comida fit, por sua vez, é mais voltada à alimentação para praticantes de atividades físicas, com nutrientes que auxiliam o desenvolvimento ou a recuperação dos grupos musculares e a melhora geral do organismo. Ou seja, os alimentos fit são aqueles que visam auxiliar o desempenho durante os exercícios para a obtenção dos melhores resultados. Como dito anteriormente, é importante selecionar boas fontes de dados. Considere opções saudáveis e não acredite em dietas radicais ou em promessas de resultados rápidos. Aliás, o que acha de se aprofundar mais no assunto? Você pode começar lendo sobre dicas de ingredientes para os pratos da culinária funcional, neste link: https://sparkleapp.com.br/s/109998/5dicas-de-ingredientes-para?trackId=73917 Neste artigo vimos a origem do termo fitness, alguns mitos e verdades da alimentação fit e o que é a comida fit. É importante lembrar que uma rotina saudável e bons resultados não dependem só das suas refeições, mas do conjunto formado por alimentação, atividades físicas e qualidade de vida. E então, entendeu o que é fit e o que é a comida fit? Você já tem uma rotina saudável ou está em busca de mais qualidade de vida? Há outros alimentos fit que fazem parte da sua alimentação? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!
0 comments
0 comments