=Primeira amamentação: como o pai pode auxiliar a mãe?= Você já deve ter ouvido muito por aí como a amamentação é necessária, não é mesmo? Isso porque a importância do leite materno vai além da saúde do bebê, como também da mãe e até para o pai. Para mamães de primeira viagem, a primeira amamentação pode ser um desafio cheio de perguntas. É importante não haver dúvidas que o leite materno é o único alimento que poderá nutrir totalmente o bebê, ajudando-o a crescer e desenvolver com saúde. O ato de amamentar ainda protege a mulher de desenvolver diversas doenças e cria uma conexão única com o filho. Mas onde fica o pai nessa história? Engana-se quem pensa que só a mãe deve se preocupar com a primeira amamentação. Mesmo que a parte paterna não possa, de fato, amamentar, não quer dizer que ele não pode participar e auxiliar a mulher nessa fase. Apesar de ser um momento prazeroso, não é só feito de flores. Pode ser cansativo (emocionalmente e fisicamente) e o apoio vindo do pai pode fazer toda diferença no bem estar da mãe. Uma pesquisa realizada no Canadá revelou que quando o casal amamenta, a mulher se sente mais amparada e isso reflete no tempo que ela consegue manter a amamentação. Mas o que seria o “casal amamentar”? Confira as dicas que separamos para mostrar como o pai pode participar e fazer desse momento uma relação conjunta. *Dicas para o pai auxiliar a mãe na primeira amamentação* Não, não estamos falando que o pai participará ativamente da amamentação. Mas sim de atitudes e conhecimentos que ele pode obter para entender a importância do leite materno para fazer parte desse momento. *Informação é poder!* Procurar se informar sobre o assunto é o primeiro passo para participar. Incentive o pai do bebê a ler artigos sobre, ver vídeos e ir às consultas para conhecer sobre a amamentação. Isso valerá para saber sobre a importância, os benefícios e deixará a mãe muito mais segura. Ela não sentirá que essa responsabilidade é só dela, e como mostra a pesquisa, ajudará fisicamente na qualidade e tempo do leite. *Presença na hora de amamentar* Mesmo que o pai não possa de fato amamentar, que tal ele participar pegando o bebê no berço e ajudando a posicioná-lo no colo? Outra coisa importante é que a mãe deve se hidratar bem para amamentar, então se preocupar em deixar líquidos sempre à disposição é uma boa forma de auxiliar. As vezes o bebê vai ficar bastante tempo mamando, então ficar ali junto, distraindo com conversas e também observando esse momento pode ser de grande apoio. Isso fará toda a diferença! *Ajuda em outras tarefas* Auxiliar na primeira amamentação não é só sobre o assunto em si, mas fazer com que a mulher se sinta menos cansada e mais a vontade. Então, esse é o momento de se colocar à disposição de cuidar da tarefas da casa (como limpeza, comida, pagamento de contas etc). Isso vale também para receber as visitas que costumam ser frequentes com a chegada do baby. *Evite discussões no momento da amamentação* Brigas na hora da amamentação devem estar fora de cogitação. O estresse e nervosismo podem acabar refletindo na produção de leite e isso afetar a amamentação do seu filho. Por isso evite cobranças, discussões e assuntos que podem estressar nessa hora. Deixe o momento para afetos e carinhos. *Elogie a mãe do seu filho* Terá momentos que a mulher estará tão cansada, que a amamentação poderá ser um “fardo”. Por isso ajude-a a sentir mais forte e bem consigo mesma. Diga o quanto ela é especial por poder amamentar, o quanto você agradece por ela fornecer o alimento para o filho de vocês. Elogios sempre fazem bem e com certeza terá reflexo na produção do leite. Viu como a participação paterna nessa fase pode fazer toda diferença e deixar o momento menos cansativo e mais especial? O que ele faz que te ajuda a ficar melhor nesse momento? Compartilhe sua experiência com a gente! *Continue conosco!* Saiba mais sobre a importância do leite materno: https://hotm.art/beneficio-leite-materno
4 comments
4 comments