Opa, Aqui é o Prof. Ricardo Freitas, Hoje vamos falar de um tema preocupante em nosso país. Será que o Doutor que as Universidades estão formando estão preparados para o mercado de trabalho? Aliás existe mercado de trabalho para profissionais muito especializados? Não é novidade alguma que está cada vez mais difícil para os jovens doutores se inserirem no mercado de trabalho acadêmico. Não bastasse a concorrência somente em 2017, mais de 21 mil doutores se formaram no Brasil. O atual cenário econômico afetou a oferta de vagas para professores e pesquisadores assistentes, e estágios de pós-doutorado, fundamentais para o aprimoramento de habilidades científicas e intelectuais, e aquisição da experiência necessária para estabelecer e gerenciar um laboratório ou grupo de pesquisa. A situação também não é favorável à docência no setor privado. “Muitas universidades particulares evitam a contratação de doutores acima do número mínimo exigido pelo Ministério da Educação para diminuir os custos. O  número de doutores no país cresceu 486% entre 1996 e 2014. Cabe agora doutorandos se prepararem para diferentes carreiras, dentro e fora da universidade. Recomendações: Invista em habilidades transferíveis: - Capacidade de liderança; - Trabalhar em equipe; - Gerenciamento do tempo; - Comunicação e resolução de conflitos; Fonte: Revista Fapesp - Edição 271/set. 2018 =========================== Minha opinião: Apesar deste cenário desanimador, Eu acredito muito que o doutorado faz a diferença na vida profissional, porém o estudante deve saber aproveitar ao máximo este período. Mas a pergunta é como: - Faça um estágio no exterior e aproveite para aprimorar o idioma (inglês); - Invista em networking com pesquisadores nacionais e internacionais; - Aprenda sobre MKT e tecnologia digital (isso será o futuro); - Aprenda sobre administração, pois você pode montar a sua própria empresa. Acredito que estas habilidades irão ajudar muito os novos doutores, principalmente porque isso é um diferencial que o mercado de trabalho exige. Agora é com você DOUTOR, se você é um bom pesquisador não terá dificuldades para conseguir encontrar as suas respostas, basta ter uma boa estratégia (delineamento) Um grande abraço e vamoo.....
0 comments
0 comments