Ok, a situação é bem hilária. Quando Trump nomeou Powell, muitos austríacos e afins ficaram felizes. "Olha só, Trump nomeou um falcão, não um keynesiano doido. Um advogado e não um economista. Realmente, as coisas vão ser diferentes agora" E de fato, Powell é falcão. Foi o único a votar contra o Quantitative Easing, argumentando que destruiria poupanças e aposentadorias, e que distorceria todo o mercado. Em todas as reuniões era uma voz solitária contra a inflação e a impressora desenfreada. E aí vem a parte engraçada: pelo jeito Trump nomeou Powell achando que ele seria uma impressora louca, mantendo juros baixos. Já vazou que num evento privado o Trump reclamou de ter sido traído pelo Powell, que ele estava subindo juros rápido demais e que isso não fazia sentido. E agora, dado o banho de sangue da semana passada, e tudo indicando que continuará essa semana, Trump reclama de novo. Bastava ele ter perguntado para qualquer um no FED e teria ouvido que o Powell ia fazer isso. Bastava ter checado o histórico de votações dele. Ou o Trump está se fingindo de otário, para jogar a culpa nas costas do Powell, ou sim, de fato o jumento nomeou um presidente do Banco Central sem conferir quem o cara era. É pra rir.
3 comments
3 comments