=Mãe coruja: 5 características que provam que você é uma= Você sabe o que é ser uma mãe coruja? Provavelmente você já escutou essa expressão algumas vezes na vida. Deve até ter se perguntado se a coruja é uma ave muito materna. Muitos apontam para aquelas mães que são super protetoras. Mas você sabe da onde realmente surgiu esse termo? *Fábula a mãe coruja * Como a maioria das expressões famosas que existem há muito tempo, nem sempre procuramos saber a raiz do seu verdadeiro significado. Acostumamos a falar e reproduzir aquele termo sem nem sonhar com a história que há por trás. E isso não é diferente com o “mãe coruja”. Mãe coruja nasceu de um fábula escrita por Monteiro Lobato, chamada de “A águia e a coruja”. De forma resumida, a coruja encontra a águia e fala com ela que caso encontre um ninho de passarinhos bem bonitos, para não comê-los por se tratar de seus filhotes. A águia prometeu não comê-los e saiu em busca de alimentos. No caminho achou um ninho e se alimentou deles. Encontrando novamente a coruja, ela pergunta por que a águia comeu seus filhos se tinha prometido que não comeria. Ela responde que a coruja tinha dito que os seus filhos eram bonitos e o ninho que ele encontrou tratava-se de filhotes feios. Moral da história: para uma mãe coruja, os filhos sempre serão lindos e perfeitos. Foi aí que surgiu a expressão tão usada, pois mães corujas sempre enxergam o melhor de seus filhos. Interessante, né!? *5 característica de uma mãe coruja* E agora você ainda está na dúvida se você se enquadra como uma mãe coruja? A primeira coisa a se saber é que: ser mãe coruja não tem nada a ver com o tempo, mas sim como você vê o seu filho e o protege, ok? Confira 5 características que provam que você é uma mãe coruja nata! *Elogios o tempo todo* Uma mãe coruja tem o costume de sempre dizer ao seu filho o quanto ele é bom, bonito e capaz. Isso é importante para que ele construa uma autoconfiança boa e sempre acredite da sua capacidade. Mas é preciso tomar cuidado para que isso não ultrapasse o tom saudável e faça com que ele ache que é melhor do que os outros. Tudo é equilíbrio. *Registra momentos e mostra pra todo mundo* Sabe aquelas mãe que não podem ver uma oportunidade para mostrar fotos do seu filho? Essa é uma típica mãe coruja, que adora expor o quanto acha o filho a coisa mais linda do mundo. Não há nada de mal nisso, não é mesmo? *Defende o filho* Uma outra característica da mãe coruja é que ela costuma defender o filho de qualquer situação, independente se ele está certo ou errado. Nesse ponto é preciso tentar filtrar e entender que o filho precisa aprender a lidar com seus próprios erros. Muitas ainda defendem para o mundo, mas dentro de casa passam aquele sermão. O importante é não privar o seu filho de entender que nem sempre ele está certo e que ele precisa também saber se defender sozinho. *Chora em apresentações* Uma boa mãe coruja também sente tanto orgulho do filho quando ele participa de apresentações em público, que não se aguenta e se derrete toda. Vale ainda cutucar a pessoa do lado e falar “aquele é o meu filho”. Quem sempre? *A conquista do filho é melhor que a sua própria* Para finalizar, uma mãe coruja sempre fica mais feliz pelas conquistas do filho do que as suas próprias. Se for pensar bem, faz parte de ser mãe (independente de ser coruja ou não). Ver o filho se dando bem e conquistando seus sonhos não tem preço. E quando isso acontece, vem muito mimo para mostrar que ele merece! *Quer ler mais conteúdo como esse?* Participe da comunidade e leia nossos sparks. O link a seguir é sobre as 4 coisas que ninguém fala sobre a maternidade. Leia: https://hotm.art/ninguem-fala-maternidade
5 comments
5 comments