*Como fazer bolo no pote para vender? Saiba como começar o seu negócio* Será que você sabe mesmo como fazer bolo no pote para vender? Podemos produzir produtos deliciosos e, mesmo assim, não ser o suficiente. Sabe o por quê? Porque abrir um negócio próprio exige, sobretudo, planejamento! Um plano de negócio completo abrange estudo de mercado, preço dos fornecedores, custo de produção, margem de lucro ideal, enfim, tudo aquilo que possa atestar a viabilidade da sua ideia e garantir o seu sucesso. Pensando nisso, abordamos neste artigo algumas dicas para você iniciar esse empreendimento com segurança, principalmente se nunca trabalhou com vendas antes. Quer saber como vender bolo de pote? Confira! *Escolha a melhor receita e defina os sabores do cardápio* Há uma variedade enorme de massas, recheios e coberturas, não é mesmo? Mas qual é a melhor receita? Bom, receitas tradicionais sempre agradam — quem aí não não fica com água na boca só de imaginar um delicioso bolo de chocolate com morango? —, mas você pode apostar na inovação com recheios de: - creme branco; - creme de avelã; - frutas vermelhas ou da estação; - ganache com nozes; - trufa batida; - mousses. Se você pretende vender bolo de pote em diferentes locais, como lojas, salões de beleza, escolas ou até mesmo na rua, é interessante apostar na variedade de sabores e oferecer para a sua clientela um cardápio bem elaborado — o qual poderá ser divulgado, sem gastos a mais, pelo WhatsApp e pelas redes sociais! *Aprenda a conservar e a transportar o produto* Se você quer saber como fazer bolo no pote para vender, deve aprender a conservar e a transportar o produto, certo? Depois que a receita estiver pronta, as unidades devem ser mantidas na geladeira, já embaladas e bem fechadas. A validade dependerá dos ingredientes utilizados no recheio: se for de frutas, 3 dias no máximo; se for de algum creme ou brigadeiro, 5 dias no máximo. Se você não tem um local fixo de vendas, nossa sugestão é que você compre uma boa bolsa térmica a fim de transportar o bolo sem comprometer sua qualidade. *Calcule os custos de produção e a margem de lucro* Lembra do plano de negócio que mencionamos no início deste artigo? Os custos de produção e a margem de lucro já devem estar inclusos nele antes mesmo da sua primeira venda! Os custos de produção envolvem, entre outros: - ingredientes usados na massa para bolo no pote; - mão de obra; - gastos com embalagens e colheres de plástico; - despesas com água, gás e energia elétrica. Ou seja, o valor final do produto deverá cobrir esses custos diretos e indiretos e ainda garantir uma boa margem de lucro para você suprir suas necessidades. O SEBRAE oferece um material rico — e gratuito! — sobre como elaborar um plano de negócio. Dessa forma, suas ideias ficarão devidamente organizadas em um documento, o qual guiará os rumos do seu empreendimento. *Dica bônus: entenda como se preparar para começar a vender* _Mas antes da dica bônus, uma sugestão. Existem vários cursos online que te preparam para começar o seu negócio no ramo da Confeitaria. Veja neste link: https://hotm.art/cursos-confeitaria_ Se a confeitaria é o seu hobby, chegou a hora de transformá-lo em negócio próprio! Além de seguir os tópicos aqui abordados, a melhor maneira de se preparar para começar a vender bolo de pote é fazer um curso online e colocar as mãos na massa. Aliás, sabia que há cursos online voltados somente para essa área? Eles garantem a sua capacitação profissional por meio do compartilhamento de técnicas profissionais, dicas de negócio e sugestões para o melhor preparo de massas, coberturas e recheios. Além do que já foi mencionado, considere também: - investir na divulgação em redes sociais; - elaborar promoções; - determinar a quantia necessária para começar; - escolher um ponto de venda com um bom fluxo de pessoas; - inovar no visual do produto; - confeccionar rótulos informativos com o nome de sua marca, número de contato, ingredientes, data de validade etc. Enfim, apresentamos aqui algumas dicas de como fazer bolo no pote para vender a fim de que você consiga iniciar o seu negócio. Se você não sabe como conservar o produto ou não sabe calcular o custo de produção, por exemplo, poderá perder o dinheiro investido. Em razão disso, qualquer empreendimento, por menor que seja, exige um planejamento prévio bem estruturado e detalhado para evitar falhas. E agora, já sabe como fazer bolo no pote para vender? Se você adora confeitaria e não vê a hora de abrir o próprio negócio, confira nossos outros artigos sobre esse tema! O que falta para você começar a investir nessa área? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!
5 comments
5 comments