=Importância do pré natal - saiba tudo sobre os exames= A partir do momento que se descobre a gravidez, a rotina muda. Não só fisicamente ou emocionalmente, como os deveres com a saúde. A importância do pré-natal nesse momento é indiscutível e crucial. É um acompanhamento de perto da gestação essencial para se certificar que mãe e filho estão bem. *O que é pré-natal?* O pré-natal é um acompanhamento feito por um médico especialista, no caso o obstetra, indicado para toda mulher grávida. Ele deve ser feito durante toda gestação até 45 dias após o nascimento do bebê (também conhecido como puerpério). Durante esses meses o médico acompanha o estado de saúde da gestante e do bebê. É realizado exames diversos para certificação de que não há nenhum problema. Caso haja, também é ali que o tratamento será indicado e realizado. Além da questão física, nessas consultas é a oportunidade da mulher tirar dúvidas sobre a gravidez. Entender quais sintomas são normais, porque eles surgem e como lidar com eles. Saber um pouco mais sobre o processo e conhecer mesmo como funciona a vida de uma grávida. *Quando começar o pré-natal?* A recomendação é que a entrada no pré-natal seja feita assim que a mulher confirmar a gravidez. Ou então que seja realizada pelo menos antes de completar três meses de gestação. Isso porque quanto antes você começar, melhor é para checar se está tudo certo com vocês. Os exames podem ser feitos bem no comecinho e se houver algo a ser tratado, mais fácil será de resolver. Além disso você poderá seguir as orientações médicas relacionadas à alimentação, ingestão de vitaminas e estilo de vida bem cedo. Correndo menos riscos de continuar com costumes que não são saudáveis nem para você, nem para o bebê. _Veja também em nossa comunidade sobre quais são os cuidados necessários no pós-parto: https://hotm.art/cuidado-pos-parto_ *Qual a frequência das consultas?* Com qual frequência você deverá ir nas consultas dependerá de algumas variáveis. A primeira é o estado de saúde da sua gestação. Caso seja uma gravidez de risco, pode ser que seja mais frequente. Geralmente a mulher terá consultas mensais, uma vez a cada mês. Isso perdura até o sétimo mês. Chegando no oitavo mês (equivalente a 31 semanas) as consultas passam a ser quinzenais. Já no novo mês (equivalente a 35 semanas), pode ser que elas sejam semanais. Quanto mais próximo do parto mais consultas são necessárias para verificar a saúde da gestação. *Faz pelo SUS?* O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o pré-natal para todas gestantes de forma totalmente gratuita. Você pode dar a entrada em algum posto de saúde do bairro de referência (a forma mais comum), como também em qualquer hospital ou Santa Casa. Se houver alguma clínica conveniada com o SUS, também é possível fazer o pré-natal de modo particular sem pagar nada. É importante verificar como funciona o sistema no seu bairro e ver qual será o melhor atendimento para vocês. *A importância do pré-natal* A forma mais resumida de explicar a importância do pré-natal é dizer que é a melhor forma de assegurar a sua saúde e do bebê. Ali você será examinada e encaminhada para os exames obrigatórios. Desta forma, confirmar se tudo está correto na saúde de vocês. A pressão é medida em todas as consultas para verificar se está estável. Além de medir o ganho de peso e saber se está conforme o esperado para cada mês. Nas consultas também será o momento de você falar sobre os sintomas que mais tem sentido. O médico irá te confirmar se é natural da gestação, explicar o motivo e mostrar formas de amenizá-los. Isso te ajudará a esclarecer as mudanças que acontecem no corpo materno. Outro ponto importante é que o médico irá te explicar como está o crescimento do bebê naquele mês. Poderá te falar o que já está formado, como você pode se comunicar e o que esperar daquelas semanas. Além de ouvir o batimento do seu filho. É o momento de você tirar suas dúvidas, independente se elas pareçam “bobas”. Pergunte tudo o que quer saber. Vale até ir anotando essas questões durante o mês para não esquecer na hora da consulta. Você poderá falar sobre os preparativos para o parto, como será o pós-parto, amamentação e tudo o que não sabe sobre cuidados com o recém-nascido. Então além de certificar a saúde física de vocês, irá te ajudar a sanar as inseguranças que a gravidez traz para toda mulher. Ali será um momento seu e do seu filho. Use-o para conhecer mais sobre esse universo e ter a certeza que tudo está (e ficará) bem. *Exames pré-natal* Os exames para verificar como está a saúde geral da gestante é de suma importância no pré-natal. Os principais pedidos pelos médicos são: - Fezes e urina - Glicemia em jejum - Grupo sanguíneo (sistema ABO) e fator Rh - Hemograma completo - Papanicolau - Reação para toxoplasmose e rubéola - Sorologia para HIV - Sorologias para hepatites virais - Sorologia para citomegalovírus - Ultrassonografia A importância do pré-natal está diretamente relacionada a como você cuida de vocês. O acompanhamento é um momento de se assegurar da saúde e tirar as dúvidas. Não se esquecendo de que os cuidados com você e o bebê continuam em casa. É preciso manter uma alimentação saudável, estar com as vacinas em dia, evitar consumo de álcool/cigarro e buscar estar em paz na mente.
2 comments
2 comments