=Primeiros sintomas de uma gravidez - saiba como identificá-los= Nem sempre é fácil identificar os primeiros sintomas da gravidez. Principalmente quando a gestação não é esperada. Tudo pode ser motivo para estar relacionado a outra coisa. Muitos deles podem ser facilmente confundidos com a própria TPM, intoxicação alimentar e até uma ressaca. A verdade é que o corpo da mulher começa a mudar alguns dias logo após a relação sexual. Para as mais atentas, fica mais fácil identificar. Porque geralmente não é apenas um sintoma, mas vários pequenos sinais da gravidez. O enjoo matinal chatinho, seios sensíveis, pequenas cólicas que parecem anunciar a menstruação são alguns exemplos que podem levantar suspeitas. Mas ao mesmo tempo, também podem passar despercebidos. Para quem tem a menstruação bem desregulada, o diagnóstico fica um pouco mais difícil. Por isso se houve o risco: relação sexual sem preservativo ou camisinha estourada, é preciso estar atenta ao corpo todo. Tente descobrir se no dia dessa relação você estava no período fértil. A partir disso, preste atenção nos sinais do seu organismo. *Sinais da gravidez* Tá com suspeita de gravidez? Confira os principais sintomas que acontece no corpo nos primeiros meses de gestação. *Atraso menstrual* Com certeza esse é um dos sinais que realmente leva a mulher a desconfiar da gravidez. Isso porque o sangue da menstruação é a camada que o útero produz para acomodar melhor o embrião. Quando ele desce, é eliminado porque a gestação não ocorreu. Quando o ciclo é desregulado, a mulher pode perceber só no segundo mês da gravidez. Quando passa a observar alguns outros sinais. Para as que possuem o ciclo reguladinho, logo na primeira semana que a menstruação não veio, a desconfiança passa a surgir. *Mamas maiores e sensíveis* Os seios inchados e doloridos costumam também ser parte do processo da TPM, antes da menstruação chegar. Por isso nem sempre é um sintoma perceptível para suspeita de gravidez. Geralmente surge entre a quarta e sexta semana de gestação. Isso acontece porque a mama da mulher já começa a se preparar para a produção de leite na amamentação. Nesse período pode até aumentar de 1 a 2 números do sutiã. *Aumento do cansaço e sono* Sabe aquele sono excessivo e cansaço de fazer tudo? Pode parecer uma semana preguiçosa, mas na verdade são os hormônios da gravidez fazendo efeito. As alterações dos hormônios, principalmente a progesterona, fazem com que a mulher se sinta muito mais cansada e com o dobro do sono. Esses sintomas são mais comuns no primeiro trimestre da gestação e costumam diminuir no quarto mês. A mulher pode sentir a necessidade de dormir mais durante o dia sem muita explicação. *Enjoos* Esse também costuma ser um dos sinais da gravidez, apesar de não acometer todas as mulheres. Há gestantes que realmente sofrem com esse sintoma e têm dificuldade para se alimentar. Em outras, pode ser de forma mais leviana, apenas com um mal estar matinal. Também costuma surgir mais no primeiro trimestre da gestação, sendo possível ocorrer logo na segunda semana após a fecundação. *Maior frequência urinária* Enquanto o útero vai crescendo para acomodar o bebê, a bexiga acaba sendo comprimida dentro do corpo da mulher. Isso faz com que a frequência ao banheiro para fazer xixi aumente bastante. No começo pode ser um sintoma mais discreto, mas para quem costuma urinar pouco, pode já perceber a diferença. Conforme a gestação vai progredindo, a urgência de urinar vai aumentando. *Pequenas cólicas* Sabe aquela coliquinha antes de menstruar? Que vem como uma pontadas só anunciando a chegada do ciclo do mês? Então, ela costuma ser presente também no comecinho da gravidez. Mais uma vez, isso ocorre pelo crescimento do útero. Ela não costuma ser duradoura como a cólica menstrual, mas são pontadas que machucam e podem ser confundidas com o momento pré-menstruação. *Instabilidade emocional* Outro ponto que pode ser confundido com a TPM. Os hormônios deixam as mulheres mais sensíveis e com mais facilidade em chorar. Sintoma muito parecido com o momento de tensão pré-menstrual. Se acompanhado de outros sinais, pode ser uma suspeita de gravidez. *Fique atenta ao seu corpo! * Se você notar 1 ou mais sintomas, e eles estejam atrelados à uma relação sexual sem preservativo, é a hora de confirmar a suspeita. O mais indicado é realizar o exame de sangue, que pode ser feito em qualquer laboratório. Mas se for algo mais urgente, você pode fazer o famoso exame de farmácia primeiro. Se der positivo, é importante realizar o de sangue depois para ter certeza. Lembre-se que quanto antes você descobrir a gravidez, mais saudável será para você e seu bebê. É importante o acompanhamento médico desde o início da gestação. _Já escrevemos sobre a importância do pré-natal! Leia aqui: https://hotm.art/importancia-pre-natal_
3 comments
3 comments