05 VÍCIOS DE EXPRESSÃO E DE ESCRITA CIENTÍTICA Um texto científico não deve ser apresentado de forma coloquial, embora não deva também ser hermético, mal escrito e de difícil compreensão. Porém alguns cacoetes e erros, embora comuns, devem ser banidos do texto. Exemplos comuns: 1) "A nível de" deve ser substituído por em, ao ou no nível de. 2) "Através", quando não se está referindo a atravessar, deve ser substituído por mediante, por meio de, por intermédio de. 3) “A metodologia que se utilizou neste texto...” fica bem melhor assim: “a metodologia utilizada neste texto...”. Da mesma forma, “a metodologia a ser utilizada...”; se você já fez o artigo, então use: “a metodologia utilizada...”. 4) Fuja dos gerundismos, que enfeiam o texto e o fazem parecer roteiro de televendas: “vamos estar fazendo...” pode ser substituído por “faremos”. 5) Cada vez que você iniciar uma sentença com “nesse sentido”, “portanto”, “destarte”, “assim”, “tendo em vista o que foi mostrado acima” etc., tente apagar a expressão ou palavra. Você verá que ela é quase sempre dispensável.
0 comments
0 comments