=Como educar um filho adolescente: 5 dicas para você manter harmonia na família= Será que existe uma fórmula secreta de como educar um filho adolescente? Esse momento é um dos mais temidos pelos pais, por saberem que é uma fase que exige paciência. O corpo se torna adulto enquanto a mente ainda tem muita infantilidade. Os hormônios começam a se alterar com a chegada da puberdade. As novidades de um momento novo na vida trazem confusão de ideias, além de possíveis problemas de socialização. Resumindo: adolescência não é fácil - nem para eles, nem para os pais. Mas é nesse momento que vocês, pais, precisam resgatar toda inteligência emocional que existe. Paciência precisa estar em dia de forma bem dosada. Porque você já esteve ali, sabe como o momento é conturbado. Atitudes erradas e impacientes nessa fase podem ter um efeito muito negativo, afastando o seu filho de você. E é nessa hora que eles mais precisam de apoio, direcionamento e amor. Obviamente cada filho é diferente e particular. Mas algumas dicas costumam ser de serventia para a maioria. Aos poucos você vai vivendo o dia a dia e entendendo o comportamento dele para que possa fazer dessa fase a mais tranquila possível. Confira 5 dicas de como lidar com a adolescência e manter a harmonia na família! *Entenda o seu filho e o momento que ele está passando* Um dos maiores problemas de afastamento do adolescente e os pais, é por eles não entenderem o momento. Não adianta cobrar uma atitude, sendo que tem muitas coisas que são características da fase. Por isso se coloque no lugar dele para entender a melhor forma de agir. Por muito tempo dependendo de vocês para tudo, agora é a hora de um novo momento. De ter mais liberdade, conhecer mais do mundo e das pessoas. Faz parte da construção de identidade, por isso respeite isso. Nada de ficar prendendo ou querendo saber de tudo. Com boas orientações na criação, ele irá ver o mundo e ainda assim conseguirá ter discernimento para tomar decisões positivas para suas experiências. *Hora de novos direitos e deveres* Como dito no tópico anterior, é uma novo momento para eles. Junto com isso, mudam-se também os direitos e deveres. E deve estar na lista a liberdade de sair com seus amigos. No dever, respeitar os horários impostos. Seja justa: para sair, é preciso fazer o dever de casa (ou alguma tarefa doméstica de casa). Mostre que na vida será necessário cumprir algumas “normas” para aproveitar os momentos. *Entenda que pode ser que vocês estejam errados* Muitos problemas de comunicação entre pais e filhos adolescentes acontecem pela falta de entender que o mundo vai mudando. Não achem que só porque vocês são pais, o que vocês pensam são sempre certo. É nesse momento que os filhos passam a criar um pensamento crítico sobre as coisas. Podem ser diferentes dos seus e tudo bem isso. Vocês não precisam concordar em tudo. E vale até pensar se o que você achava correto não era assim tão certo. Converse, entenda os motivos e argumentos que levaram ele a ter essas ideias. Estejam atentos para respeitar uma opinião diferente da de vocês. Não tente impor pensamentos, isso só irá afastá-los. *Confiar e transmitir confiança no filho* A melhor forma de ganhar a confiança do seu filho, é o respeito. Respeitar os erros e acertos dele. Se ele não foi bem na prova da escola, ficar de castigo é realmente a melhor opção? Ou isso só o deixará mais frustrado e com a autoestima lá embaixo? Repreensões, discussões e comentários negativos só quebram a confiança deles com vocês. Mostre que ele pode errar e ainda assim contar com o seu apoio. Aconselhar não precisa ser sobre repreender. Diante dos erros mostre a forma que ele pode melhorar. Punir não vai ensinar, só frustrar. Fará com que toda vez que ele faça coisas que vocês possam não gostar, ele queira esconder. Quando alguém esconde, é porque não confia que você vá entender. Aí se perde toda uma confiança. Mostre que ele sempre pode contar com vocês. Confiança é mútua: confie e você terá confiança. *Eduque com exemplos* Ter todo um discurso sobre algo e na prática fazer tudo diferente não dá, né!? Se esforce para que você seja exemplo do que fala. Nesse momento da vida, eles começam a ficar mais críticos. Se verem que você fala algo e faz outro, terão isso como exemplo dentro de casa. Por isso mostre sempre nas atitudes como deve ser. *Mantenha uma boa comunicação e compartilhe experiências* Se comunicar bem com seu filho traz confiança e entendimento das inúmeras situações que rondam sua adolescência. Por isso sempre tente conversar com filho, seja na mesa do café ou enquanto assistem tv a noite. Os pais devem orientar o filho, não obrigar. E é através do diálogo que isso acontece. Anime o seu filho a compartilhar as coisas com você tranquilamente. Para que isso aconteça, você precisa seguir os outros tópicos e não julgá-lo ou repreendê-lo pelo o que ele te conta. Aconselhe, não julgue. E nesta troca, compartilhe suas experiências também. Fale da sua época jovem, conte seus causos e histórias. Também é importante contar do seu dia a dia atual para manter uma relação de amizade. Falar e escutar, sempre. No momento que a pergunta como educar um filho adolescente te perturbar, lembre-se de respirar e ter paciência. Dia após dia você vai vendo quais atitudes mais funcionam com ele para que a relação seja a mais harmônica possível. Qual a experiência de vocês com filhos adolescentes? Deixem suas experiências e dicas aqui!
1 comment
1 comment