UM AMOR INDESCRITÍVEL (Uma Poesia Escrita a Dois) Já ouvir muitas palavras lindas, recebi gestos meigos e afetuosos de amigos, e família…. Muitos sonhos realizados, mas existe um que ainda não conheci, não porque não nunca sonhei, até porque carrego no peito como o sonho mais lindo da minha adolescência… Estou falando de algo inefável, natural, indescritível, e cheguei até pensar que só era coisa de criança, mas meu coração não pensa assim… A minha alma sente uma sensação e tenta descreve-lo como um amor não descoberto, um amor inexistente, mas meu coração não pensa assim… Gritei no calor da paixão, com meu coração latejando de emoção, confiante no humor aquoso dos meus olhos que já contemplou esse amor inefável que tem tudo haver comigo…Se esse inefável amor não existisse logo o céu não seria tão real, e meu coração desistiria de um dia ser feliz Acredito na existência desse amor inefável, onde o afago é sentido no profundo do coração… O seu abraçar é como algemas que nos prende pelo consentimento do nosso próprio coração… O beijo desse inefável amor não é uma aventura, mas um pacto permanente, uma aliança com um coração que tanto esperou por esse dia… Estar ao lado deste amor é sentir anestesiado e livre das dores e angústias futuras… É assim que meus olhos descrevem em segredo deste amor gostoso de amar. Esse inefável amor que acalma o sofrimento da minha alma tirando-me a dúvida do meu coração que um dia posso ser feliz …. _“É NISSO QUE MEU CORAÇÃO ACREDITA, NO INEFÁVEL AMOR._
0 comments
0 comments