=STF quer te proteger fazendo você pagar mais caro no ingresso= STF decidiu que não pode ser cobrado taxa de conveniência na venda de ingressos, e pior, vai obrigar as ticketeiras a devolverem tudo que já faturaram com isto nos últimos 5 anos. Tudo isto para quê? Para “proteger” nós, os consumidores... Agora vejamos o que vai acontecer na prática. O custo que mantia estes serviços no ar, vai passar a ser cobrado do produtor do evento, porque OBVIAMENTE, servidores, programadores, designers, atendimento ao cliente, aluguel e tudo mais, não se pagam sozinhos. Então, OBVIAMENTE, o produtor do evento vai repassar este custo para você, consumidor. A única coisa que muda de fato, é que todas as ticketeiras vão quebrar porque terão que devolver todo o faturamento delas de 5 anos (como se possível devolver 10, 30, 80 reais pra milhões de compradores que adquiriram ingressos 5 anos atrás, mas isto é só um detalhe, né?). Enfim, com menos ticketeiras no mercado, haverá menos opções de onde comprar, portanto, menos concorrência. Com menos concorrência, quem sobrar no mercado pode cobrar mais caro. Resumindo, com o pretexto de proteger você, o STF acabou de criar uma aberração que pode deixar os ingressos mais caros, piorar o serviço e limitar as opções do consumidor, e ainda conseguirá matar diversas empresas, reduzindo arrecadação do Estado e gerando desemprego. Que lambança STF. Será mais um episódio de vergonha alheia no Brasil... 🤦🏻‍♂️ Em tempo, se eu quero meu dinheiro de volta? #NãoObrigado
5 comments
5 comments