Uma coisa passou bem embaixo do radar hoje: o STF melando a Lava-Jato. Com o atentado em Suzano, a prisão dos assassinos da Marielle Franco e o dia a dia normal, o julgamento no STF ficou um bom tanto ignorado. O que eles estão fazendo? Mandando toda a Lava-Jato para a justiça eleitoral. A alegação? Que como é caixa 2, tem que ser julgado lá, e não na justiça comum. Qual o pulo do gato? A justiça eleitoral não tem a menor condição de julgar sequer os casos eleitorais que já tem. Jogar esses casos de corrupção para lá é garantir por fato de que nunca serão julgados. Vai tudo prescrever. E mais, as defesas dos bandidos, inclusive do Lula, poderão argumentar: como o caso deveria ter sido julgado em justiça eleitoral e não em comum, as sentenças devem ser todas anuladas e todos os julgamentos refeitos. Do zero. Todas as decisões que deram acesso a informações, prisões, delações, devem ser canceladas, porque era competência da justiça eleitoral. O placar está 2 a 1 a favor dessa atrocidade. Em breve vídeo sobre isso.
4 comments
4 comments