“Legalize já, legalize já Porque uma erva natural não pode te prejudicar” E além de não prejudicar, é uma excelente fibra têxtil que, quando legalizada, dá um prejuízo de 22 milhões de dólares ao tráfico de drogas. Músicas do Planet Hemp à parte, a maconha foi legalizada no Uruguai em 2013, e já tem rendido bons frutos ao país. O político Pepe Mujica, presidente que aprovou a regulamentação, afirma que não é a favor do uso da droga, mas admite que, “em certas condições, é um medicamento para muitas coisas”. Enquanto isso, aqui no Brasil, a legalização da maconha é um assunto que passa batido pelos congressos. Mas que poderia ser a solução para vários problemas que enfrentamos no país, como o encarceramento em massa. O encarceramento feminino no Brasil, por exemplo, cresceu 698% em 16 anos. De 2005 a 2016, houve um aumento de 49% para 62% no número de mulheres com a liberdade cerceada por causa do tráfico de drogas.
0 comments
0 comments