É um absurdo saber que ainda existem pessoas que ameaçam os outros por divergências políticas ou ideológicas. Não importa se o indivíduo é petista ou bolsonarista: ele tem o direito à liberdade de expressão assegurado no Carta Cidadã de 1988. É este, inclusive, um dos pilares da democracia brasileira. Seria cômico se não fosse trágico notar que até figuras religiosas bradam os gritos de repressão à diversidade. Notem o recorte de fala do ator: "Veja bem, um pastor evangélico me ameaçando de morte? Aí podemos ver que os cristãos também matam, né?", questiona o ator, que não pensa em reduzir sua presença nas redes sociais: "Tenho a tranquilidade de ser cidadão e poder opinar. Vamos ver até onde e quando eu conseguirei ter esse espaço de opinião. Eu sempre falo, não consigo ficar quieto e recolhido". Posto isso, reitero: As falas devem ter seu espaço assegurado. Sejamos discordantes a elas ou não. Liberdade de expressão e democracia são indissociáveis.
0 comments
0 comments