Lançada pela Netflix em março de 2017, '13 Reasons Why' conta a história de Hanna Baker, adolescente que tira a própria vida e deixa treze gravações para os seus colegas descrevendo motivos para sua morte. O retrato na série, segundo especialistas, pouco acrescenta para a discussão e conscientização sobre saúde mental, e um novo estudo concluiu que o programa está associado ao aumento de 28,9% nos índices de suicídio entre crianças e adolescentes nos Estados Unidos em abril de 2017, o mês seguinte à sua estreia. Mas essas descobertas dificilmente são conclusivas, já que outros possíveis fatores ou eventos que ocorreram por volta da mesma época do lançamento do programa podem estar ligados a essas mortes. Segundo a Netflix, o estudo contradiz outro realizado pela Universidade da Pensilvânia e divulgado na semana passada. De acordo com a pesquisa em questão, estudantes que assistiram a toda a segunda temporada estavam menos propensos a considerar o suicídio.
0 comments
0 comments