Economia aberta. Financeirização da economia global. Mundo financeiro, como nunca antes, globalizado. O capitalismo no mundo contemporâneo, cuja conformação é a liberdade no fluxo dos ativos monetário e financeiro. O ativo real tem sido o menos atraente na geração da renda e da riqueza. As praças financeiras integram-se, Bolsas do ocidente e Bolsas do oriente, home broker e day trader, atraem e repulsam ativos, nas 24 horas diárias, segue assim a especulação em busca de retornos, afinal de contas o agente econômico, o investidor especulativo, é racional. Pode-se dizer, que nesse estágio do fluxo de capital, às 24 horas diárias, é o único limitante à ação do day trade, pois amanhã é outro dia, novas oportunidades de se auferir lucros, seja na compra, seja na venda de ativos. A recente tensão entre os Estados Unidos e a China não se limita à esfera comercial. Trata-se de um embate geopolítico em essência entre as duas maiores economias do globo terrestre. O medo na escalada das tensões comerciais entre esses dois países se estendeu hoje, gerando um movimento de aversão ao risco, ou seja, compras e vendas de ativos em escala. Valorizando e desvalorizando ações. Desestabilizando os índices.
1 comment
1 comment