Da série: O Brasil não é para amadores! Bolsonaro tem muitos defeitos - como já é de conhecimento popular. Mas uma coisa é difícil negar: ele cortou muitos ministérios que poderiam ser (e antes eram) utilizados para loteamento político em busca de apoio. Ele persistiu e tem enfrentado isso até hoje: ainda não fixou uma boa relação com o Congresso. Ocorre que esses dias parecem mudar, mas a duras custas: o Presidente sinalizou que pretende voltar com dois extintos ministérios, de modo a agradar parlamentares na Camara dos Deputados e no Senado Federal. Se assim não fizer, pelo o que ficou subentendido, tais congressistas não votarão a favor de projetos do Pslista, ainda que considerem favoráveis ao país. Infelizmente, é a velha política mais nova do que nunca no Brasil, atuando na nossa cara, sem vergonha, sem medo de mostrar que o que importa é poder. Tudo por uma questão de birra. Tudo por uma questão de politicagem.
0 comments
0 comments