Espera um pouco, que caiu um cisco aqui. Luna, 5 anos, de Goiânia (GO), estava ensaiando uma música para apresentar no dia das mães da escolinha. Só que a mãe dela, Stella Noleto, morreu há dois anos, por complicações com a doença Lúpus. Por isso, ela pediu para o seu pai ser a mãe dela por um dia, para assistir à apresentação. Daniel Correa, de 33 anos, tentou convencer a filha para que a avó ou as tias fossem até a escola para representar Stella. Mas uma vez que ele viu que sua filha estava decidida no pedido, ele não só foi à apresentação como sua mãe, como colocou peruca loira e pintou a barba de rosa para isso (ideias também dadas por Luna). O pai tirou fotos e postou um vídeo no Instagram, dizendo que “a morte é inevitável, mas não precisamos passar por isso de forma triste. A partir do momento que você aceita isso, você se prontifica a passar por várias coisas por seu filho. Eu amo a Luna, e faria tudo de novo por ela”.
2 comments
2 comments