Apesar de ter muitos apontamentos a Moro como jurista (nenhum referente ao caso de Lula), sempre o admirei. Entretanto, a postura de Bolsonaro pode manchar a reputação do ex juiz federal. Ora, ir de Ministro em cargo do primeiro escalão do Executivo para Ministro do STF deveria ser proibido! Explico: Os ministros são os "homens de confiança" do presidente, afinal coordenam pastas de suma importância no país. Têm contato frequente e PRÓXIMO com o chefe do executivo. Nada mais natural, é claro. Agora, imagine: Esse cidadão, que tem contato muito próximo com o presidente, sendo nomeado por ele para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal, podendo, futuramente, julgar processos e ações envolvendo o próprio Bolsonaro, seus familiares e/ou amigos? Isso deveria ser impedido! Já tivemos essa situação em recente história brasileira com a nomeação do Ministro Alexandre de Moraes. Ele tal como Moro, é muito competente e conhecedor das ciências jurídicas. Mas, infelizmente, sabemos que o Intelecto muitas vezes se curva à emoção. Quem colocará a mão no fogo por eles?
1 comment
1 comment