Depois da recente polêmica envolvendo a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre futura nomeação de Ministro Sérgio Moro, o ex juiz federal resolveu se manifestar. Como já era de se esperar, Sérgio Moro negou ter exigido ou solicitado qualquer condição para assumir o Ministério da Justiça. De todo modo, não deixa de chamar a atenção que para aceitar o novo desafio, o antigo magistrado teve que abrir mão de uma carreira pública em seu auge, trocar Curitiba pela capital federal (brasilia) e até abandonar sua cadeira como professor em universidade, sabendo que poderá ser(tal como já é) muito questionado como parcial. Tudo isso realizado em prol de um cargo que ocupará (sem estabilidade alguma) por 4 anos (ou, no máximo, oito)? Sabendo das críticas que viriam? Por um desejo de fazer diferença em seu país? Embora eu acredite em Moro, em seu caráter e em sua vontade de fazer a diferença, não sei se acredito que não houve a imposição da condição de eventual nomeação. E vocês, o que acham?
1 comment
1 comment