Se tem uma coisa que eu tenho certeza como mãe, é que as crianças têm coisas DEMAIS pra nos ensinar. Como esse caso de Juninho, 11 anos, e Marcos Valadares, 12 anos. Os dois meninos estavam disputando um campeonato de futsal em São José do Egito, em Pernambuco. O Colégio Interativo venceu e Marcus (que pertencia ao time ganhador) correu para ajudar o colega da Escola Romero Dantas (Juninho) que começou a chorar após a derrota. De acordo com o próprio atleta mirim, no momento em que bateram essa foto dos dois, ele estava dizendo para Juninho “(...) erguer a cabeça, que ainda não tinha acabado. E que a gente é novo, tem muito tempo pra jogar junto e ser campeão” Quando perguntaram por que ele agiu dessa maneira, Marcus disse que se colocou no lugar do colega: “Eu já perdi e sei como é triste.” É a famigerada empatia, né? Que tem faltado tanto no nosso dia a dia. Achei inspirador <3 Quer geração incrível a que está chegando!
0 comments
0 comments