Cada brasileiro produz em média 379 quilos de lixo por ano. Multiplicando pela população do país, são mais de 76 milhões de toneladas. A previsão é que em 2050 tenha mais plástico do que peixes nos oceanos. Hoje as pessoas já começaram a se incomodar com o excesso de resíduos que produzem. Porém, a maioria ainda não sabe o que fazer com eles. Iniciativas como o movimento do lixo zero estão facilitando o acesso à esse tipo de informação, graças à internet. Lauren tem apenas 23 anos e uma disciplina imensa para viver de um jeito radical: ela decidiu viver sem produzir nenhum tipo de lixo. Ela não compra nada com embalagens. Por isso, prefere ir a feiras ao ar livre, geralmente orgânicas. Mas mesmo nas grandes lojas, sempre compra alimentos como arroz, feijão, tudo a granel. “As embalagens são feitas usando muita energia, muita água. É um desperdício. Por exemplo, doces, eu mesma faço. É mais saudável e divertido ”. O que não consegue reaproveitar, guarda dentro de um potinho. Etiquetas de roupa, pulseirinha de entrada de shows, canudinhos dos drinks que ela bebe, lacinhos que vêm nos presentes. E todo o lixo que Lauren produziu nos últimos dois anos cabe dentro de um pote pequeno. Lauren compartilha a experiência de viver sem produzir lixo e também suas receitas em seu blog Trash is for Tossers. Aqui no Brasil, inspirada pela americana, Cristal Muniz também decidiu viver uma vida sem desperdício. Desde 2015 ela documenta suas descobertas no Blog “Uma Vida sem Lixo” - que também já virou livro. Hoje em dia, referência no assunto no país, também ministra palestras e dá cursos de beleza natural. Tudo baseado em um estilo extremamente sustentável, consciente e amoroso com a humanidade e o meio ambiente. Com ela, a gente aprende que, hoje em dia, só não cuida do planeta e de si mesmo quem não quer. Cristal dá dicas para quem quer, aos poucos, adotar esse estilo de vida. Por onde começar? Tenha sempre em mãos um guardanapo de pano e um copinho. Além disso, troque as esponjas de plástico de casa por buchas vegetais. E especial para as meninas: coletor menstrual! Estima-se que uma mulher use 10.000 absorventes durante toda a sua idade fértil - o que significa que ela gera 150kg de lixo sozinha só em absorventes descartáveis! O movimento do lixo zero vem junto de outras iniciativas que promovem um estilo de vida menos acelerado e consumista. O legal é que hoje em dia já ficou fácil se informar sobre formas de diminuir o desperdício na sua casa.
0 comments
0 comments