O cenário macroeconômico tem evidenciado o pessimismo dos agentes econômicos no que diz respeito a retomada do crescimento econômico. A trajetória recessiva, em curso, é resultante dos efeitos de múltiplas variáveis, ou seja, fatores de ordem política, econômica e social. É uma situação, cujas variáveis explicativas são múltiplas. A redução no nível de produção industrial tem aumentado a capacidade ociosa, o que não justifica novos investimentos empresariais. Os fatores de instabilidade da ordem política, trazem insegurança jurídica. A construção civil é o setor mais distante do nível pré-crise. A taxa de desemprego elevada, o que determina diretamente o nível de consumo e endividamento das famílias. O contexto econômico externo, com a crise Argentina, a política monetária e comercial dos EUA, por exemplo, impacta diretamente as contas de exportações e a taxa de câmbio. A política monetária doméstica expansionista, ao manter a taxa Selic no patamar de 6,5%, associada às ações controle inflacionário que visam alavancar os investimentos, mesmo assim o mercado apresenta indicadores insatisfatórios. Seguimos aguardando os resultados que serão alcançados, já que seguimos a cartilha de práticas da maior potência econômica do globo terrestre, que nos aguarda para caminharmos lado a lado.
1 comment
1 comment