Muitos cientistas ficaram “órfãos” e perderam diversos projetos com o incêndio do Museu Nacional, em setembro do ano passado. Visando uma rápida ação para remediar tantas pesquisar, o Departamento de Estado americano e o Instituto Smithsonian, em parceria com a embaixada do Brasil em Washington, vem bancando bolsas de pesquisa desses cientistas. Alguns desses passaram semanas ou meses nos EUA para conhecer o Museu Nacional de História Natural para pesquisar temas nas áreas de Entomologia, Antropologia, Paleobiologia e Zoologia. Outros foram para o Centro para Herança Cultural e Folclórica, estudar línguas indígenas.
1 comment
1 comment