Na natureza as fêmeas já não dependem de mais nada dos machos. Se Deus quiser a espécie humana chega lá, né? Mas então, o que houve nessa cobra foi que os filhotes foram fruto de partenogênese, ou seja, os embriões se desenvolveram sem fertilização/reprodução. Segundo os pesquisadores do aquário, esse é um processo vulnerável para qualquer espécie de animal: "É uma estratégia reprodutiva completamente única e surpreendente, mas tem uma viabilidade baixa em comparação com a reprodução sexual". A partenogênese é comum também na vida selvagem, e não apenas em cativeiro, de acordo com os pesquisadores.
0 comments
0 comments