_Se você olha para essa foto e não sente nada, tem alguma coisa muito errada com você. Rihanna é uma daquelas personalidades magnéticas, que atrai pelo olhar e conquista pelo talento, não é à toa que essa rainha premiadíssima acumula milhões de seguidores nas redes sociais. Com uma abordagem cativante, a cantora já invadiu outros diversos segmentos do entretenimento, atuando como dubladora, modelo, atriz, sem contar a carreira de empresária que tá bombando._ _Além de tudo isso, Rihanna sempre foi uma fashionista, já foi musa de várias grifes por ter um estilo marcante e autêntico, imprimindo ousadia em eventos costumeiramente sem graça. A proposta dela é representatividade e aceitação, e quando falamos de representatividade, quem não gostaria de ter como ícone alguém como a cantora? Lembro quando personalidades como ela e Beyoncé entraram no meu radar adolescente como referências de beleza negra. Em um país com mais da metade da população negra, as celebridades pretas em quem poderia me espelhar eram (e continuam sendo) escassas. Por isso, vislumbrar a luta e sucesso dessas mulheres é um fator primordial no meu processo de empoderamento._ _Mas a cantora não é apenas inspiração para os outros, ela se inspira de volta na luta das mulheres, lançou uma linha de maquiagens inclusivas com vários tons de pele negra, dessa marca está saindo sua linha de roupas de luxo em parceria com o grupo LVMH, casa da Louis Vuitton. que contemplam tamanhos que costumam ser excluídos das marcas de luxo e prometem trazer a estética e vivência negra._ _O caminho de Rihanna na moda começou com o desenho de uma coleção de tênis esportivos para a Puma, que foi um sucesso. Após essa parceria, a LVMH convidou a cantora para desenhar uma linha de produtos de maquiagem para diferentes tons de pele. A parceria foi se mantendo e rendendo produtos cada vez mais inovadores e inclusivos, criando a marca Fenty Beauty. A última notícia é de que a próxima campanha publicitária da marca, que ganhou recentemente a adição da grife Fenty, contará com modelos de diferentes idades e corpos, sendo que as campanhas da Fenty Beauty já não tem edição das manchas de pele, acne e afins, Se a Rihanna da minha adolescência era um ícone de beleza e referência musical, a Rihanna da adolescência de muitas meninas hoje é ícone negro e feminista de empoderamento e libertação. E que muitas como ela venham por aí. _
1 comment
1 comment