GRAÇAS A DEUS MEU DNA É MUITO A FAVOR DE DOGUINHOS!! Essa é a nova descoberta de pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia: evidências que relacionam aspectos genéticos à tendência de ter — ou não — um cachorro! Apesar da pesquisa indicar a influência do DNA em ser pai/mãe de pet, ainda não foi possível identificar exatamente qual seria o gene responsável pelo comportamento, levando o estudo a futuras pesquisas, sendo possível, quem sabe, talvez até relacionar esse gene com outros traços de personalidade, como medo ou a capacidade de compreender os cães, por exemplo. Você tem um DNA para cachorros? 🐶🐶🐶🐶
3 comments
3 comments