=História da Astronomia: Mesopotâmia (parte 1)= Se vocês me seguem aqui na comunidade de Ciências no Sparkle, já devem ter percebido que a maioria das notícias que posto são sobre astronomia; novidades, tecnologias e corridas espaciais. E isso não é em vão! Na verdade, é a área das ciências que mais me fascina e a que mais estudo. E, por isso, decidi fazer uma série de artigos sobre astronomia, curiosidades, fenômenos celestes e tudo mais. Meu intuito é que, quando vocês lerem uma notícia, já saibam do que estou falando. E, afinal, na cidade, estamos acostumados a olhar para onde pisamos ou para a linha do horizonte… Mas você já olhou o céu hoje? Mesmo nas grandes urbes, às vezes conseguimos vislumbrar uma estrela ou outra. Tente ir a um lugar a céu aberto e veja como pode ser de tirar o fôlego. Bom, um bom primeiro passo é começar pela história. Só conhecendo as origens para saber quão revolucionárias são as descobertas de hoje em dia. Vamos passar pelas civilizações da Mesopotâmia, China, do Egito, da Grécia, da Idade Média, Nova Astronomia e Astronomia Moderna. Vamos lá? =Mesopotâmia - 1000 a.C= De onde surgiu essa ideia de astronomia? Quem foram os primeiros a olhar para o céu e tirar conclusões sobre a abóbada celeste? Aos sumérios devemos isso, os fundadores da Mesopotâmia, lá no primeiro milênio a.C. Mas o interesse desse povo é que, antes da astronomia, veio a astrologia. Ou seja, buscavam nos astros fundamentos para suas profecias; acreditavam que seus destinos estavam escritos aí. No entanto, essa questão mística acabou se transformando em uma observação simplesmente pela observação. A análise astrológica deu lugar aos fenômenos do universo: Por que a Lua se move desse jeito? Por que os planetas se deslocam dessa outra maneira? Os astrólogos da época viraram astrônomos. Mas a grande contribuição dos sumérios, tanto para a história astronomia quanto para a ciência na Mesopotâmia, foi a introdução de métodos matemáticos para demonstrar as variações nos movimentos dos corpos celestes. Como disse anteriormente, vamos ver nos próximos artigos como isso é revolucionário, e como foi preciso que diversas civilizações evoluíssem a tal ponto para chegarmos à astrofísica de hoje em dia. *Curiosidade: Os mesopotâmicos relacionavam os planetas aos carneiros selvagens, e as estrelas eram carneiros domesticados. Estes eram guiados pelo pastor Órion.* Veja no próximo texto sobre a astronomia chinesa e egípcia!
1 comment
1 comment