Entra ano e sai ano e a minha meta de leitura está lá: incompleta. Mas a esperança é a última que morre e, mesmo sem ler todos os livros que eu gostaria de ler, adicionar mais algumas obras à minha lista, mesmo que de pouco em pouco, é sempre uma vitória. Se tentar ler mais é um objetivo muito comum entre todos nós, agora é que temos ainda mais um motivo para isso. Afinal de contas, uma pesquisa encomendada pela Amazon ao instituto Kelton Global comprova que a leitura ajuda nos relacionamentos e na conexão com pessoas, aumentando propriamente a felicidade do leitor. Quem lê, portanto, é mais feliz. A pesquisa entrevistou mais de 27.305 pessoas, maiores de 18 anos, de 13 países. A sugestão da pesquisa é que pessoas que leem mais se sentem mais relaxadas e as conclusões e correlações que a pesquisa oferece são muitas e especialmente variadas, mas todas apontam para o mesmo e mais objetivo ponto final: a dedicação à leitura é proporcional à felicidade do leitor.
1 comment
1 comment