Em um cenário que tende à recessão, com baixa taxa de crescimento econômico, com elevada taxa de desemprego, a componente de consumo dos agentes econômicos (famílias, empresas e governo) é fortemente impactada haja vista que a renda em circulação na economia torna-se mais escassa. O indicador de recuperação de crédito é um indicador econômico, que aponta para um possível ponto de inflexão anticíclico, no que tange à continuidade do cenário recessivo, no sentido de sinalizar o adimplemento dos débitos, o que pode sugerir uma tendência de retomada do consumo. Segundo a empresa responsável pela divulgação dos dados, Boa Vista, o crescimento da recuperação do crédito observada no mês (alta de 4,7 % em maio ante abril) pode ser reflexo dos juros baixos, política monetária implementada pelo Banco Central do Brasil BCB (inclusive incentivos para renegociações como o realizado pela Caixa recentemente). Cabe ressaltar que a mudança de tendência requer o acompanhamento desse dado e da situação do mercado de trabalho, uma vez que é o emprego do fator de produção trabalho, a principal fonte de renda na economia brasileira.
0 comments
0 comments