Novas mensagens entre Deltan e Moro divulgadas fomentam a problematização envolvendo o atual Ministro da Justiça e a suposta imparcialidade de seus julgamentos. Mais uma vez, entretanto, penso que se tratam de mensagens com o caráter de irregularidade formal, não material. Como se percebe, não há intenção de Moro em não julgar ou não culpar alguém. Lado outro, não se pode eximir ambos pela falta de distanciamento sobre pontos profissionais e que dizem respeito à investigação Lava Jato. Politicamente falando, o país (como virou regra desde 2013) já se dividiu entre aqueles que apoiam integralmente o ex magistrado federal e os que estão completamente contra ele. E segue o bonde...
0 comments
0 comments