Os deepfakes são vídeos criados a partir de softwares livres de inteligência artificial que inserem o rosto de uma pessoa em uma outra pessoa em um vídeo. Rolam muitos vídeos pela internet que são engraçados, como a cara do Steve Buscemi no corpo da Jennifer Lawrence. Mas obviamente essa tecnologia é uma porta pra muita possível dor de cabeça. Criar vídeos convincentes de políticos, celebridades, ou pessoas comuns falando coisas comprometedoras podem ter impactos devastadores. Fora que com a popularização disso, a gente tende a acreditar menos na veracidade de qualquer vídeo, fake ou não. O negócio é que o Facebook e o Instagram não estavam interessados em proibir esse tipo de vídeo em suas plataformas, o que de fato é uma tarefa complicada. Mas recentemente um deepfake do Mark Zuckerberg falando de como trata dos seus dados parece estar começando a reiniciar as discussões dentro da empresa. Nunca duvide da Internet.
2 comments
2 comments