Como se não bastassem as emoções do mundo real, hoje os correntistas do Banco Inter foram surpreendidos com os saldos zerados, em suas contas, e com a impossibilidade de realizar transações financeiras. Segundo nota da empresa divulgada via Twitter, “Nossa equipe já está ciente e trabalhando para normalizar essa questão” e “A impossibilidade de visualizar saldo é pontual e já estamos atuando. Dessa forma, orientamos que aguardem, pois em breve será solucionado” (de fato, para acalmar os ânimos e expectativas de seus clientes, havia necessidade de informá-los acerca da ciência e providências, quanto ao fato). O uso das Tecnologias de Informação e da automação financeira no mercado financeiro vieram para ficar, e a cada dia, estamos mais dependentes desses recursos. A grande questão nesse caso, perpassa pela pauta da segurança, que por ora é indispensável no que tange à temática de moedas e bancos, pois confiamos nossos ativos monetários (segurança e rentabilidade) aos cuidados desses agentes financeiros. São muitos os agentes envolvidos no mercado financeiro, mas sabemos que sem os clientes (correntistas), não existe depósito à vista (ativo monetário), logo, não há combustível para esse mercado, que se torna mais complexo ao envolver, inclusive, os ativos financeiros (e sua infinidade de produtos e serviços).
0 comments
0 comments