Elevada taxa de desemprego e crescente aumento da taxa de inadimplência. Diante desse cenário macroeconômico que afeta diretamente o consumo das famílias,  o Governo estuda utilizar os saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço FGTS com a finalidade de injetar recursos na economia. Inicialmente, é válido ressaltar que essa ação governamental divide a opinião de especialistas, inclusive, em posição contrária aparece a indústria da construção civil. Especialistas alegam que o impacto na economia será de curto prazo, sendo por si só transitório. Já os representantes da construção civil defendem a manutenção do recurso para a o setor, em programas de habitação, além de saneamento e infraestrutura, haja vista as menores taxas de juros (argumentam ainda que pode haver fluxo desse capital para aplicações financeiras, dada a concentração do recurso em poucas contas). Nesse sentido, observamos na prática que toda decisão econômica é política, haja vista que sua execução visa atender interesses alocativos específicos, ou seja, a finalidade atende um interesse em detrimento de outro (explicita um trade off na alocação do recurso). De fato, a implementação de uma ação de governo é determinada, inicialmente, a partir do jogo de forças dos agentes econômicos envolvidos direta e indiretamente.
0 comments
0 comments