Concordo que a maneira como a operação Lava Jato tem lidado com a questão não é a mais adequada. Sugere fraude (depois de um tempo já razoável de polêmica), mas não aponta quais seriam os erros? Ora, se de fato há fraude, é - ou pelo menos deveria ser - a coisa mais fácil demonstrar as corretas mensagens. Por que, então, não fazem isso? Em meu entendimento, a resposta é gritante: não há fraude. E a lava Jato deveria ter mantido sua defesa na fundamentação de que não houve ilegalidade ou conluio algum. Que são mensagens de cunho absolutamente honesto trocadas entre duas autoridades públicas. O erro formal [de Moro e Dallagnol], como tenho insistido, existiu. Se ao menos se admitisse a veracidade dos textos, a discussão poderia ser focada nisso.
0 comments
0 comments