Governos financiando pessoas e/ou instituições relacionadas à imprensa não é algo típico de um só lado das vertentes políticas. Semelhante a como o PT (Partido dos Trabalhadores) fez no Brasil, a título de exemplo, o governo militar também fez (secretamente) só que talvez ainda pior: além de pagar para que escrevessem matérias favoráveis ao governo, havia também o pagamento por serviços "privados" de espionagem. Impossível defender essa postura, penso eu. Imagine hoje um governo pagar para que se espionem opositores, dentro ou fora do país? Felizmente os tempo mudaram e não consigo mensurar esse tipo de medida sendo tomada no [muito questionado] governo atual.
0 comments
0 comments