O Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa) criou o projeto Adaptações da Biota Aquática da Amazônia — Adapta. Eles criaram um microcosmos em quatro salas com 25 metros cúbicos, que simula as condições climáticas do ano de 2100. Ou seja, de acordo com as previsões do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) para temperatura, concentração de CO2 e umidade relativa do ar. Tais previsões calculam que as temperaturas aumentarão em 1,5ºC a 7ºC em algumas regiões da Amazônia ao longo do século 21. O pesquisador Alberto Luís Val, do Inpa, coordenador do projeto, diz: _"Nosso objetivo é entender como os organismos aquáticos poderão ser afetados pelas mudanças climáticas. _ _Ou seja, como diferentes espécies de plantas, peixes e insetos reagem a esse desafio ambiental. Queremos aprender com as respostas biológicas que esses organismos dão ao aquecimento global."_
1 comment
1 comment