_Tá pegando fogo!!_ _Existe bastante desinformação no que diz respeito às causas e efeitos do aquecimento global, e um dos grandes mitos é de que as mudanças climáticas promoverão apenas calor. Na verdade, apenas as médias globais de temperatura aumentarão, mas a consequência disso é a instabilidade do clima, e estações mais rigorosas, tanto quentes quanto frias. Esse fenômeno têm sido perceptível nos últimos anos, e os invernos no Brasil, um país de relativa estabilidade de temperatura, estão se mostrando cada vez mais frios._ _A arquitetura e engenharia brasileiras se desenvolveram pautados em um clima muito mais ameno, e adaptadas prioritariamente para favorecerem o resfriamento do ambiente, e não seu aquecimento. Mas assim que começamos a perceber tais mudanças, as técnicas e escolhas na hora de desenhar os próximos projetos vão se adaptando às novas necessidades._ _Não por acaso no Casacor Paraná 2019 as lareiras se destacaram como uma tendência de decoração interna e externa, especialmente se considerarmos o local onde os projetos foram apresentados. O uso de lareiras no design de ambientes não é uma prática brasileira, mas está se incorporando com naturalidade ao estilo de design nacional, com novos modelos e estilos que se integram com maior naturalidade aos desenhos nacionais._ _Longe de serem a fonte de calor mais poluente no mercado atualmente, a tecnologia empregada no desenvolvimentos de energia mais limpa que a queima de lenha, tanto do ponto de vista ambiental quanto de higiene da fonte, a lareira de 2019 é movida a etanol, gera grande quantidade de calor a baixa queima e a promessa é de produtos cada vez mais sustentáveis._ _A tendência das lareiras me parece inevitável, não só para o Sul, mas para as demais regiões do país, uma vez que, ainda que compromissos revolucionários para redução da emissão de poluentes sejam firmados, os impactos climáticos são irreversíveis e podem ser apenas postergados. É improvável que os próximos invernos sejam mais amenos que os anteriores, e se a necessidade de se proteger de forma mais efetiva do frio passa pelo uso de energia, que esta seja usada e trabalhada para se tornar o mais limpa possível._ _O mais curioso de tudo isso é que, ironicamente, a situação climática atual é fruto, em grande parte, da queima excessiva de combustíveis fósseis que já foram fundamentais para o funcionamento das lareiras, e agora, existe a possibilidade de dependermos cada vez mais dessa tecnologia tão antiga como a das lareiras, porém aplicada de uma forma mais limpa._
0 comments
0 comments