Ainda sobre política internacional envolvendo os Estados Unidos da América, importante destacar a atuação do muito questionado Donald Trump na resolução de tensões com a Coréia do Norte, histórica adversária política da nação Yanquee. Trump, diga e questione o que quiser, tem tido uma postura mais firme nesse tema do que seus antecessores, principalmente se comparado ao democrata Barack Obama. Tanto assim é que ainda em seu primeiro mandato conseguiu silenciar mais as ameaças do ditador (que é quase meu xará rs) Kim Jong Un do que Obama em oito anos de gestão. Esperamos que a situação seja definida o quanto antes. O povo norte coreano é refém de um regime ditatorial e carece de condições mínimas de sobrevivência. Uma eventual aproximação com nações democráticas pode fazer com que o país melhore consideravelmente seu desenvolvimento humano, bem como promova interações com sua desenvolvida vizinha e irmã Coréia do Sul.
0 comments
0 comments