O caixa é o oxigênio para uma empresa. Uma empresa sem caixa, quebra. A boa gestão desse recurso traz inúmeros benefícios para a empresa. Hoje vou compartilhar contigo sete formas de você melhorar o caixa através de ações do dia-a-dia. Confere ai.... Primeiramente vou lembrar que nenhuma das dicas que vou passar, deve ser utilizada como a única salvadora do caixa. Assim como uma empresa não quebra por um único motivo, recuperar ou gerar mais caixa para a empresa, não depende de uma, mas sim de um conjunto de ações a serem tomadas. A primeira dica de possibilidades de gerar mais caixa é com o aumento de preços. Um aumento gradativo de preços gera menos impacto na percepção do consumidor. O percentual também vai variar de acordo com o produto. Se você aumentar em escalas de 1% por exemplo, o impacto é menos perceptível. Outra forma de aumentar o preço de um produto ou serviço é melhorar a comunicação, a apresentação, o posicionamento ou os argumentos de venda, dessa forma você fortalecerá a geração de valor percebido diminuindo a percepção de valor monetário do produto. A segunda dica é aumentar o volume de vendas. Para aumentar o volume de vendas ou você traz novos clientes, o que é mais caro, ou então vende mais para os clientes autuais. Se você conhecer bem as necessidades, as dores, do seu cliente atual, isso fica mais fácil. Um CRM ajuda muito, mas mesmo uma conversa direta com o cliente te trás informações valiosas das suas necessidades. Você pode também utilizar a formação de combos de produtos, estimular o fechamento de pacote de serviços e passar a trabalhar com mais intensidade naqueles produtos que tenham maior margem de lucro. A terceira dica é reduzir os custos diretos, já pensou, de uma forma gradual, reduzir 1% dos custos com mercadorias, embalagem, material de consumo e entrega. Hoje em dia é fácil pesquisar novos fornecedores e soluções para as suas mercadorias ou matérias primas. Quarta dica é reduzir as despesas operacionais. Liste todas as despesas de operação que você tem, água, luz, telefone, mercado, material de limpeza, manutenção e etc... elabore metas de redução para cada um deles, sempre é possível, sem afetar a operação da empresa, reduzir 1 ou 2 ou mais % dos custos operacionais, tenho certeza. Quinta dica para deixar o caixa da empresa mais gordo é reduzir o prazo de recebimento das vendas. Se for necessário mesmo vender a prazo, considere os custos financeiros na formação do preço de vendas. Ofereça descontos para o pagamento a vista. Se você prever na formação de preços os custos financeiros da venda a prazo, você pode até vender e negociar com a instituição financeira a antecipação desses recebíveis. A sexta dica é reduzir o prazo médio de estocagem. Comprar apenas o necessário para não ficar desabastecido, liquidar os produtos antes que fiquem obsoletos ou percam a validade. Para isso é fundamental um bom sistema de gestão de estoques e que ele esteja atualizado. A sétima dica é negociar com os fornecedores prazos maiores para o pagamento das compras, e com o dinheiro que vai ficar em caixa, pode ficar aplicado em fundos de liquidez imediata ou então para aproveitar as oportunidades de descontos para pagamentos a vista. São sete dicas que podem ser implementadas e que vão melhorar o seu caixa. A quantidade e a intensidade da aplicação delas depende da sua particularidade. Mas pense, se você evoluir 1% ao mês com a geração de caixa. Ao final de 12 meses você terá 12 % a mais de caixa. Mais que muita aplicação financeira. Robson Pezzini
0 comments
0 comments