Tá aí um reportagem… Sinceramente, eu li, e a coisa que mais me saltou aos olhos é que a maioria das fontes da matéria faz parte de empresas de antivírus, então eles têm no mínimo uma opinião um pouco enviesada. Entendo que para usuários menos experientes, o antivírus pode até ser uma mão na roda, pra se livrar das infecções mais comuns. Mas a grande questão é que a quantidade e a variedade de produções de novos vírus vai sempre superar qualquer esforço de empresas de segurança digital. O melhor jeito de minimizar os riscos de softwares malignos, é se informar sobre quais situações são arriscadas, que tipo de precauções se deve ter, escutar especialistas. E fora isso, pra uso pessoal, um grátis me parece de bom tamanho.
0 comments
0 comments