Uma pesquisa publicada na revista científica Science Advances sugere ter descoberto a possível causa do Alzheimer. Os primeiros testes mostram resultados positivos, inclusive na reparação dos neurônios danificados. A vilã seria a Porphyromonas gingivalis, bactéria associada a diversos tipos de periodontites – doenças inflamatórias dos tecidos que envolvem e sustentam os dentes.
0 comments
0 comments