Aaaaah, essa aqui é de aquecer o coração. Confesso que apesar do uso diário de tecnologia ela ainda me permanece um mistério em vários de seus aspectos. Eu sei que meu celular liga e desliga por conta da bateria, mas não tenho ideia do que energiza ela, ou por exemplo como funcionam as conexões de uma placa mãe, sinto que é meio que uma dádiva dos ninjas. E enquanto eu vivo na ignorância e sigo na ideia de tentar aprender um pouco de cada coisa, um jovem de 13 anos que vive no município de Sidrolândia no Mato Grosso do Sul, conseguiu produzir uma pequena rede elétrica para 8 barracos vizinhos. Desde a tenra infância ele teve um grande interesse por eletricidade, possivelmente pelo trauma familiar de sua irmã mais velha ter morrido em um incêndio causado por uma vela, o que explicaria o seu fascínio em assegurar que não repetiria além de ajudar outros na comunidade. Ele explica que o sistema que ilumina os barracos no assentamento foi feito com uma placa fotovoltaica, um emissor de energia conhecido como “diodo”, uma bateria de celular e uma lâmpada. E para tanto, ele utilizou pequenas lâmpadas de led e papel laminado como refletor. Feliz estou que aprendi algo novo hoje através de uma história tão linda.   
0 comments
0 comments