O mundo gira, gira e gira, mas sempre volta ao mesmo lugar. E lá vamos nós para mais uma saga de tensões devido a enriquecimento de Urânio por países não democráticos. Sei que a prática comum do brasileiro é ser contrário ao "imperialismo" norte americano, mas peço vênia para agir diferente. Eu não confio no Irã, não confio na Coréia do Norte. "Ah, Kym! No EUA você confia?" R: Claro que confiança 100% não existe, mas eu sei que o EUA (assim como boa parte do ocidente e das nações democráticas) não colocará o mundo em uma guerra sem precedentes por questões religiosas ou étnicas, por exemplo. O Irã eu não sei. Fundamentalismo é a razão de boa parte dos atuais movimentos terroristas do mundo. Imagine, então, uma arma nuclear nas mãos de um desses?
0 comments
0 comments